sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Pensar em 2013?


Maurício Assumpção, a imagem de um Botafogo sem ambição / Foto: AE
Essa deve ser a indagação do torcedor alvinegro após maisuma pífia partida pelo Brasileiro-12, culminando numa vexaminosa derrota por4x0 para o São Paulo. Não vi o jogo, mas pelo que li nos posts anteriores e nossites que cobrem os clubes, o Botafogo mostrou novamente que não tem ambiçãonesse campeonato.
Para não ser mais a um a criticar o técnico Oswaldo deOliveira, chamo atenção para o planejamento (?) adotado pelos cartolas alvinegrosna montagem do elenco para o segundo semestre. O ataque, que já não vivia bommomento, ora com Herrera, ora com Loco Abreu, foi desmantelado com osempréstimos de Caio e Abreu para o Figueirense e a venda do argentino Herrerapara o futebol árabe, além do empréstimo do jovem Alex para o Joinville com adesculpa de “adquirir experiência”.
Confesso que ao tomar conhecimento dessas negociações,fiquei esperançoso em ter atacantes de ponta no elenco, atacantes que trouxessemde volta a imagem de um Botafogo ofensivo, um Botafogo que me acostumei a vercom uma linha de quatro jogadores na defesa, quatro no meio de campo e dois noataque, com um aberto pela ponta e o outro, enfiado entre os dois zagueirosadversários, um feijão com arroz bem temperado.
E o time atual? O que é? Um bando em campo, com doislaterais irregulares, dois zagueiros sem recursos técnicos; Renato, um volante que sójoga com o nome, mas não sabe combater e Elkeson, que fica à frente do meio decampo, que não chuta, não cabeceia, não tem cacoete de atacante e, ainda é oatacante titular da equipe. Nesse time, apenas Jefferson, Seedorf, Andrezinho eFellype Gabriel (quando joga) podem ser poupados de tamanha mediocridade efalta de raça.
Já penso no ano de 2013, ainda desanimado, pois essadiretoria vai continuar por mais dois anos e alguns jogadores possuem contratoslongos com o clube (Fábio Ferreira está nesse grupo. Torcedor, tremei!).Título? Impossível! Libertadores? Uma utopia! A realidade desse time deve serigual aos anos de 2010 e 2011: ficar no meio da tabela, nada de Libertadores elivre do rebaixamento, mas vamos comemorar; estaremos na Sul-Americana do anoque vem.

Postado por Iatha Anderson.

Zagueiro Brinner entra na seleção do Cartola FC da rodada

Assisti agora há poucos minutos ao Programa do Cartola, no Premiere FC. E o repórter André Gallindo indicou o zagueiro do Botafogo, Brinner, para a seleção do Cartola FC para esta rodada. Lembrando que o Botafogo enfrenta o Coritiba neste domingo, às 18h30, no Engenhão. Uma gafe dos comentaristas do Cartola foi colocar o Luís Fabiano na seleção. Pelo que eu sei o Fabuloso levou o terceiro amarelo e está fora do jogo do São Paulo neste fim de semana. Voltando ao Brinner, que foi driblado pelo Luís Fabiano, ele não tinha mesmo muito o que fazer. O Fabuloso ganhou na corrida. No restante do jogo até que o zagueiro do Botafogo não comprometeu. Pelo menos, o negão joga sério. Postado por Wesley Machado.

Charges antigas mas que dizem muito sobre a atualidade (Por Mario Alberto, do Lancenet)

Jogando a toalha
Eu não acredito mais.

Quem vai ter coragem de ir ao Engenhão domingo?
Só se for para protestar!

Vocês se arrependem de ser botafoguenses? É, porque o Seedorf deve estar arrependido de ter vindo para o Botafogo.

O chargista do Globoesporte.com, André Guedes, que desconfio, tendo quase certeza de que ele é botafoguense, pois já fez esse desenho aqui:

agora faz essa montagem em cima da famosa pintura Skirik ("O Grito"), do norueguês Edvard Munch (1863-1944).

No quadro, ele retrata o que seria a expressão de Seedorf ao descobrir a furada em que se meteu ao vir para o Botafogo.

Reparem no fundo o presida Maurício Assumpção, que agora dizem também ser flamenguista como o Anderson Barros; e o Oswaldo de Oliveira, que ainda fala como técnico do Botafogo.

Já havia comentado isso no último post após a derrota de goleada de ontem.

Tive a mesma sensasão do André Guedes, de que o Seedorf estaria arrependido.

Quando vi o surinamesco naturalizado holandês na beira do campo pedindo para sair.

Parece que ele torceu o tornozelo, mas não vi nenhum lance em que isso possa ter acontecido.

Prá mim ele abdicou de jogar, pois deve ser um martírio jogar ao lado desses perebas que compõe o time.

Sabe quando você joga uma pelada e tem aquele cara que não sabe nem chutar uma bola?

Então. Com excessão do Renato e do Lodeiro, que sabem o que fazem com a bola, e do Jéfferson, que pega muito; os outros são tudo uns pernas-de-pau.

E Seedorf já deve ter enchido o saco.

Não vejo futuro para ele no Botafogo.

A não ser que queira muito ficar e ajudar o time, como costuma dizer nas entrevistas.

Nós não temos outra escolha.

Escolhemos o Botafogo para torcer e teremos de arcar com as consequências até o fim da vida.

Fica feio virar a casaca depois de velho.

Criança tudo bem.

Também mudar de time prá quê?

Se todo time tem suas crises.

Qual time nunca tomou uma goleada?

E, pensando bem, Seedorf já sofreu muito com a Holanda.

Ficamos então como na expressão da primeira ilustração do André Guedes.

Com cara de palhaço triste!

Por Wesley Machado

Acabou a paciência. Fora Oswaldo!

Foto: Ari Ferreira/ Lancenet
A atuação do Botafogo ontem foi vergonhosa!

Sempre fui muito criticado pela benevolência com que trato as coisas relacionadas ao Botafogo. Quando defendi o Jóbson, o Lúcio Flávio, o Dodô, o próprio Loco Abreu. O Neto é um dos mais mais batem de frente – no bom sentido – comigo. Chamando-me para a realidade. Neto também, junto com Cássio, é um dos militantes do microblog Twitter. E já soube que a frase “Fora Oswaldo!” está entre os assuntos mais comentados do Twitter.


Não tem mais jeito. Não tem como Oswaldo continuar à frente desse time, que foi um bando em campo hoje diante do São Paulo, partida em que fomos goleados pelo elástico placar de 4 a zero e ainda tomamos olé.

Tomamos o gol com cinco minutos de jogo num lance em que Fábio Ferreira falhou, Brinner foi driblado, assim como o goleiro Jéfferson. O time até tentava alguma coisa, mas não conseguia penetrar na defesa adversária. Tivemos dois pênaltis a nosso favor não marcados. Mas foi melhor assim. Depois explico o porquê.

Oswaldo voltou para o segundo tempo com o mesmo time. Demorou para mexer. E do outro lado, Ney Franco tirou um cabeça de área e colocou o rápido e habilidoso Oswaldo, que marcou o segundo gol do tricolor paulista. O São Paulo se empolgou, foi para a frente e marcou o terceiro no abafa com Lucas. Luís Fabiano, autor do primeiro gol, provocou Renato colocando a mão no queixo do jogador do Botafogo. Começou o olé e tomamos o quarto gol já no final.

A situação ficou insuportável. Está na hora da diretoria demitir o Oswaldo, que, como sempre, estava apático à beira do campo, como o time. Seedorf saiu, a princípio machucado, mas acredito que tenha ficado com vergonha de jogar nesse time. Deve estar arrependido de ter vindo para o Botafogo. Nunca deve ter perdido tanto na vida.

Já são oito derrotas no campeonato, o mesmo número de vitórias. Uma campanha irregular que mostra que o time não tem muitas pretensões. O goleiro Jéfferson já jogou a toalha e não mediu palavras para criticar o time. Se não fosse ele, perderíamos de muito mais. Ele mostrou claro descontentamento ao não tentar fazer o pênalti no quarto gol.

Tivemos algumas chances, com Élkeson, por exemplo, numa cobrança de falta muito bem defendida por Rogério Ceni. E numa bola que Brinner chutou para fora com o gol aberto.

Mas o retrato do jogo foi Élkeson brigando com a bola cercado de cinco adversários, uma clara mostra do falho esquema do futuro ex-técnico do Botafogo.

Em outro lance, Élkeson entrou pela linha de fundo e como costuma se dizer, nem chutou nem cruzou, provando que ele não é atacante.

Por mim trazia o Loco Abreu para técnico.

Postado por Wesley Machado.

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Onde mora a estrela

Hoje é um dia especial. Foi em um 30 de agosto, há três anos, que o Estrela Solitária no Coração começou. Passou rápido. Foram quase mil postagens e inúmeros comentários. E algumas mudanças no layout. Como essa última, mais irreverente. Está mais coerente com o espírito do blog. Aqui, temos um espaço de debates, sim. Mas principalmente de desabafos. Críticas, e são inúmeras, quando o time está mal. E efusivas demonstrações de amor nos melhores momentos.

Gostaria, sinceramente, de escrever um texto alegre, pra cima. Infelizmente não é o caso. Acabamos de levar uma chicotada de 4x0 do São Paulo. Aliás, o Botafogo conseguiu a proeza de já estar fora da luta pelo título antes de o primeiro turno acabar. Ou alguém, em sã consciência, acreditava, lá pela 17ª, 18ª rodada, que ainda teríamos chances de levantar o caneco? Bem pior que a esdrúxula campanha de 2011, quando saímos do Brasileirão nove rodadas antes do fim.

Alguma coisa está errada. Muito errada. E colocar o dedo na feriada é o que mais temos feito aqui no Estrela Solitária, ao longo desses 36 meses. Só espero, mesmo, que não estejamos perto de uma indesejável coincidência: no ano que o Blog foi criado brigamos até o fim contra o rebaixamento. E fomos salvos, em boa parte, graças a excelente fase do problemático Jóbson. Ser campeão não vai dar. Libertadores? Fica pra depois. Agora, descer, seria demais!

No que depender de mim, Wesley Machado, Cássio Peixoto, Neto Cordeiro, Leonardo Alvarenga e Iatha Anderson, retratados quase "fielmente" na caricatura agora estampada por aqui, continuaremos nossa missão de amar o Botafogo em qualquer circunstância. Seja roendo as unhas diante da TV ou no Engenhão, extravasando nos posts, ou vestindo orgulhosamente nossa camisa - a de escudo mais belo do mundo. Afinal, temos a Estrela Solitária no Coração.

Postado por Álvaro Marcos.

Falta de atacantes do Botafogo vira piada em quadro do Globo Esporte

Como havia prometido a vocês, segue aí o vídeo em que Chico, o torcedor, filho de Sidney Rezende, brinca com a falta de atacantes do Botafogo. Um dos mais hilários que já vi! Foi ao ar no dia 15/08, mas ainda está bem atual.



Postado por Wesley Machado.

Jobson é a solução??



Ontem vi uma pequena matéria no Lancenet com o jogador Jobson, que depois de aprontar pela enésima vez, fez juras de amor (também pela enésima vez) ao Botafogo e declarou que aceitaria até morar na sede do clube para voltar a jogar no Glorioso.
Sinceramente, e infelizmente, não acredito mais nesse rapaz. Jogou sua vida fora. Um jogador muito bom, mas com a cabeça fraca. Tem que procurar se tratar, isso sim. Até seria a solução para nosso patético e inexistente ataque. Mas, a que preço?? Quanto tempo demoraria para ele fazer outra besteira? Tremendo desperdício de talento. Enquanto isso, vamos de Elkerson. Meu Deus!!! 
Até quando essa diretoria vai continuar parada??
Oremos...
Enquanto isso, prefiro até que  coloquem o Túlio Maravilha para botar a bola dentro do gol. Melhor do Elkerson nisso ele é.


Postado por Neto Cordeiro.

Botafogo, Política e Eleições

Chegamos ao fim do mês e setembro já está na porta, logo vem outubro e as eleições. Passeando pela rede encontrei que o ex-zagueiro do Botafogo e da Seleção Brasileira, Gonçalves, é candidato a vereador do Rio de Janeiro pelo DEM com o número 25.095, uma alusão ao título brasileiro que conquistou com o Botafogo.

Temos outros casos de pessoas ligadas ao Botafogo, que foram candidatos, alguns deles foram eleitos, como o ator botafoguense Stepan Necersian, que hoje é deputado federal e chegou a ser acusado de ter envolvimento com o bicheiro Cachoeira. O próprio Túlio Maravilha que se apresentou segunda-feira ao Botafogo foi vereador por Goiânia.

Recentemente, foi ventilada a hipótese do presidente Maurício Assumpção ser candidato a vereador, o que não se confirmou. Agora falam que ele pode ser candidato a deputado .

Na apresentação de Seedorf, o prefeito vascaíno Eduardo Paes se aproveitou da situação para aparecer bem. Ele que recentemente espinafrou os flamenguistas e, de quebra, sacaneou um tricolor (vejam o vídeo aqui).

Outro político também era muito ligado ao Botafogo. O ex-prefeito do Rio, César Maia, que tem o filho Rodrigo Maia, candidato agora a prefeito da cidade. César Maia era declaradamente botafoguense e foi na gestão dele que o Botafogo ganhou o Engenhão. Dizem também que o também ex-prefeito carioca, Marcello Alencar, também era botafoguense.

Outra pessoa vinculada ao Botafogo, que tem ligação estreita com a política é o ex-presidente Carlos Augusto Montenegro, presidente do Ibope, o maior instituto de pesquisas eleitorais.

Em Campos, temos um candidato a vereador que se registrou Ramos Botafogo. Temos outros casos, como na Paraíba, estes em referência ao Botafogo de lá. Em Pernambuco, temos dois candidatos à prefeito, inclusive uma mulher, que usam Botafogo no registro eleitoral, mesmo não tendo Botafogo no nome.

E vocês votariam em alguém só porque tem o nome ou a trajetória ligada ao Botafogo?



Postado por Wesley Machado.

Botafogo encara São Paulo no Morumbi

Nesta quinta-feira (3)), dia do aniversário do blog, o Botafogo encara o São Paulo, às 21 horas, no Morumbi. Esperamos que tenhamos motivo para comemorar, pois a rodada até certo ponto ontem foi boa. Atlético-MG e Fluminense empataram, o Vasco perdeu, tudo bem que para o Grêmio, que está subindo; mas o Inter também perdeu.

Se vencermos hoje voltamos ao 6ª lugar, empatados em número de pontos com o próprio São Paulo, que tem mais vitórias. Por isso a importância de um resultado positivo no jogo desta quinta. Infelizmente, teremos o desfalque de Andrezinho, um dos que vinham jogando melhor no time, junto do Seedorf. No lugar de Andrezinho vai entrar Cidinho, que é muito fraquinho e no qual não confio muito. Mas até que ele pode fazer uma boas jogadas e conseguir uma falta por exemplo.

Na lateral direita também não teremos o Lucas, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Seu substituto será o Lennon, que não tem agradado muito. O que mata o time são esses desfalques. Nas próximas partidas não teremos Jéfferson e Lodeiro, que irão para suas respectivas Seleções.

Vamos indo. Aos trancos e barrancos. E tentando almejar alguma coisa nesse campeonato.



Postado por Wesley Machado.

Aniversário de 3 anos do Blog nesta quinta-feira

Hoje, quinta-feira, 30 de agosto de 2012, é o dia do aniversário do Blog “Estrela Solitária no Coração”, que está completando três anos no ar. Como todos sabem, mas não custa lembrar, o blog surgiu de uma ideia minha incentivada pelo Álvaro Marcos, que criou o blog. Naquela época, no ano de 2009, o Botafogo lutava contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro. O entusiasta da blogosfera, Vitor Menezes, tricolor, chegou a dizer que a criação do blog seria para uma “terapia em grupo”, tamanho o sofrimento pelo qual passávamos. O blog foi crescendo. Ganhou novos colaboradores e atualmente esta aí com uma boa média de visitas por dia e leitores assíduos.

Vocês devem ter reparado que mudei o layout e coloquei um banner com a caricatura dos colaboradores mais assíduos. Na barra lateral tem a identificação de todos eles. Esperamos que continuem acessando o blog e façam cada vez mais e mais comentários. E que o blog tenha ainda muitos mais anos de vida!



Postado por Wesley Machado.

domingo, 26 de agosto de 2012

Botafogo mais uma vez não consegue ganhar do Flamengo

Foto: Cleber Mendes/ Lancenet

Botafogo teve mais posse de bola mas pouco chegou ao gol do Flamengo.

Onde está escrito que o Botafogo não pode ganhar do Flamengo? Deve ter algum contrato assinado, alguma coisa que impeça o Botafogo de ganhar do Flamengo. Não é possível. Vi só o segundo tempo, no qual o Botafogo dominou grande parte, mas não “agredia”, como costuma dizer os boleiros, não criava chances e não finalizava. Pelos melhores momentos da etapa inicial, parece que o Flamengo criou mais chances. No final do jogo, uma bola na trave e o resultado acabou ficando de bom tamanho.

Tivemos ainda um contra-ataque, mas Élkeson, como sempre, desperdiçou. Seedorf até tenta fazer alguma coisa, mas o time não ajuda. Renato joga só para ele. E Andrezinho perdeu um gol feito. Lucas, quando mais precisamos dele, falha. Esse Amaral é um brucutu, só sabe marcar. O Lodeiro que estou gostando. Tem buscado algo diferente. Pode dar certo.

Arbitragem cirúrgica do Péricles Bassol, que falou com o Íbson: "Deixa comigo." Achei até que ia inventar um pênalti para o Flamengo. Mas deve ter ficado com vergonha. Mas inverteu várias faltas para amarrar o jogo do Botafogo e um escanteio, com o auxiliar da linha de fundo, o flamenguista Marcelo de Lima Henrique. O pênalti anulado no primeiro tempo foi acertado. Vágner Love estava claramente impedido.

Só achei que poderia ter sido marcado um pênalti a favor do Botafogo. Um jogador rubro-negro, que não consegui identificar bem -acho que foi o Gonzalez ou o Cáceres - se jogou em cima de Renato dentro da área. De qualquer maneira, o Botafogo tem um grave problema e deixou de ganhar também porque não tem ataque. Élkeson lembra o Herrera. Briga com a bola. O Oswaldo tinha de ter colocado o Sassá. Tinha direito a mais uma substituição e não a usou.

Andrezinho torceu o tornozelo e é dúvida, assim como Brinner, que também saiu machucado. Aliás, o Brinner prá mim já ganhou a vaga. Partida segura, muito melhor do que Antônio Carlos e Fábio Ferreira. Um dos dois vai ter de esquentar banco. Eu radicalizava e coloca Brinner e Dória. Lucas levou o terceiro amarelo e também está fora da próxima partida. Márcio Azevedo fez mais péssima partida, não tem mantido a regularidade.

Havia informado no post anterior que o jogo contra o São Paulo seria na quarta-feira. Pois era o que estava marcado. Mas vejo que será na quinta, às 21h. Deve ter sido transferido. Espero que o fim do jejum contra o Flamengo no Brasileiro venha na última rodada do campeonato, de preferência com uma vaga na Libertadores, porque título ficou muito difícil. A não ser que o time engate uma sequência de vitórias. Vamos ver!

sábado, 25 de agosto de 2012

Botafogo e Flamengo na Globo

Imagem Ilustrativa

Acabo de ver na Globo anunciando que o jogo entre Botafogo e Flamengo neste domingo, às 16 horas, no Engenhão, será transmitido ao vivo pela emissora do plim plim. E podem começar a se acostumar. Apesar das transmissões tendenciosas, como a da última quarta-feira, teremos cada vez mais jogos transmitidos pela Vênus Platinada.

Já na próxima quarta-feira, outra partida, diante do São Paulo, às 21h50, no Morumbi. Serão pelo menos mais seis jogos do Botafogo transmitidos pela Globo até o final do campeonato.

Isso provavelmente se deve ao fato de todos estarem querendo ver Seedorf em ação. O craque do Suriname naturalizado holandês, cada vez mostra mais desenvoltura em campo. Já marcou três gols em nove jogos. Média de 0,33 por jogo, mais do que o - esse sim - azarado Rafael Marques.

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Taça BH de Juniores: Botafogo vence Palmeirense e passa às oitavas

O Botafogo confirmou na noite desta sexta-feira sua classificação às oitavas de final da Taça BH de Juniores. Jogando no estádio Mário Lobo, em Ponte Nova, o time do técnico Jair Ventura, filho de Jairzinho, derrotou a equipe do Palmeirense, de Minas Gerais, pelo placar de 3 a 1. Os gols da vitória botafoguense foram marcados por Gegê, Gilberto e Vitinho.

Com o resultado, o Botafogo terminou sua participação na Chave C da competição como um dos melhores terceiro colocados, com 11 pontos, o mesmo número de pontos do Corinthians, perdendo no saldo de gols.

Com informações do site Globoesporte.com

O Botafogo é a minha vida

Foto: Viviane Terra
Eu no lançamento do livro do Botafogo com minha crônica

É com imenso prazer que comunico aos leitores do Blog que minha vida está cada vez mais associada ao Botafogo. Eu, Wesley Machado, o idealizador, editor e um dos colaboradores do "Estrela Solitária no Coração", fui um dos ganhadores da promoção "Topfans", do Botafogo de Futebol e Regatas, que escolheu os maiores fãs do artilheiro irreverente Túlio Maravilha.

Como prêmio, terei direito a participar da coletiva de imprensa da apresentação de Túlio, que será realizada nesta segunda-feira (27), às 11 horas, em General Severiano. Na oportunidade vou mostrar a Túlio uma pasta na qual catalogo recortes de jornais com fotos da primeira passagem dele pelo Botafogo no período 1994-1996, quando conquistamos títulos importantes como o Brasileiro e a Tereza Herrera.

Lembrando que faltam sete gols para Túlio marcar o milésimo gol de sua carreira e que a caminhada rumo ao gol mil começará no dia 15 de setembro em Juiz de Fora-MG, reduto de botafoguenses.

Eu que no ano passado já havia sido selecionado em outro concurso do Botafogo, quando tive minha crônica escolhida para ser publicada no livro "A Magia do 7", fico feliz em mais uma vez ser reconhecido como um grande botafoguense. Afinal minha vida está diretamente ligada ao clube desde a escolha do meu nome pelo meu pai, que homenageia o cabeça de área Wecsley, que jogou no Botafogo no final da década de 1970, início da década de 1980.

Assistam ao vídeo com o qual participei da promoção:

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Sassarica!

Foto: Thales Soares / Globoesporte.com
Sassá foi reintegrado ao elenco profissional.

Taí uma boa ideia. Falam do Oswaldo, mas ele tem feito tudo direitinho, na minha humilde opinião. Nesta quinta-feira (23), após a eliminação da Sul-Americana, recebo a notícia de que o atacante Sassá foi reintegrado ao elenco profissional do Botafogo por conta da contusão de Rafael Marques. Sassá estava disputando a Taça BH de Juniores, competição em que o Botafogo está praticamente classificado para as oitavas-de-final- venceu a segunda partida - tem mais dois empates - ontem contra o Progresso, de Minas Gerais.

Pois bem, Sassá pode ser uma opção interessante para a frente - melhor do que o Willian por exemplo. Trata-se de um jogador rápido e habilidoso. Vi algumas partidas dele no Brasileiro Sub-20 e na Copa SP de Futebol Júnior no ano passado e gostei do que vi. Não tive a mesma impressão no jogo contra o Bahia, mas é assim mesmo, o jogador demora a amadurecer.

Mas é muito bom ver o Botafogo revelando jogadores e dando oportunidade aos meninos da base, por mais que muitos deles não vinguem. Como é o caso de Cidinho, que ainda não me convence. Fiquei feliz ontem também por ver o garoto Jéfferson ter uma oportunidade no time.

Detalhe: Rafael Marques não teve fratura no tornozelo, mas está fora do clássico contra o Flamengo. Antônio Carlos também não joga. Eles se juntam a Maŕcio Azevedo, Vitor Júnior e Fellype Gabriel no departamento médico. Por sua vez, Amaral volta de suspensão.

Jéfferson novamente convocado para a Seleção

Foto: Extra
Jéfferson volta ao gol da Seleção, mas vai desfalcar Botafogo.

Depois de ficar de fora da Olímpiada, o goleiro Jéfferson, do Botafogo, mostrou prestígio com o técnico Mano Menezes; e pelas últimas boas atuações voltou a ser convocado para a Seleção Brasileira de Futebol para os amistosos contra a África do Sul e a China, nos dias 7 e 10 de setembro, respectivamente. Mas Jéfferson terá a concorrência pela titularidade do goleiro do Corinthians, Cássio, que também foi convocado, este pela primeira vez. Por conta da convocação, o goleiro do Botafogo vai desfalcar seu time em duas rodadas do Brasileirão, contra Cruzeiro, em casa; e Náutico, fora, dias 5 e 9 de setembro, respectivamente.

Lodeiro é convocado para a Seleção Uruguaia e também será desfalque

Outro desfalque do Botafogo no mesmo período será o meia Lodeiro, que marcou seu primeiro gol pelo clube ontem. Ele foi convocado para a Seleção Uruguaia, que vai disputar jogos contra Colômbia e Equador, dias 3 e 11 de setembro, respectivamente, pelas Eliminatórias. Sendo que Lodeiro ainda poderá ficar de fora do jogo contra o Internacional dia 12/09. O centroavante Loco Abreu, agora no Figueirense, também foi convocado para a Celeste. No último amistoso do Uruguai, Loco começou como titular e Lodeiro nem mesmo foi aproveitado.

Deu orgulho de ser botafoguense

Foto: Globoesporte.com

Lodeiro fez a jogada e finalizou para o terceiro gol.

Poderia dizer que caímos de pé, mas isso é coisa flamenguista quando é eliminado da Libertadores. Devo dizer que deu orgulho de ser botafoguense. Minha mulher diz que o Botafogo não me dá nada, que eu não ganho nada com o Botafogo. Pois eu digo que o Botafogo dá sentido à minha vida. Para se viver é preciso que a vida tenha um sentido. E esse sentido para mim é o Botafogo. Mas vamos deixar de pieguice e vamos ao que interessa.

No jogo de ontem, o Botafogo foi o Botafogo que gostamos de ver. Partindo prá cima, buscando o gol a todo custo. Pena que no momento do vídeo azarento, vindo de Mossoró-RN, com a música “Ninguém Cala”, tomamos o gol. Já havíamos marcado com Seedorf, depois ampliamos com Renato e Lodeiro, que entrou muito bem, mudando a partida. Foi por pouco. Não deu. Fomos desclassificados e não é conversa de perdedor, mas achei melhor assim. Agora poderemos nos focar no Brasileirão.

Domingo teremos o clássico contra o arqui-rival Flamengo. E já está na hora de acabar com esse tabu, que dura mais de 10 anos sem ganhar deles pelo Brasileiro. O time ganhou a torcida com a dedicação e entrega de ontem. Vamos com moral para o clássico. Antônio Carlos se machucou e é dúvida, assim como Rafael Marques. Estávamos com problemas nesses setores, que são defesa e ataque, mesmo e, quem sabe, quem entrar dê conta do recado.

domingo, 19 de agosto de 2012

Zaga mais sem vergonha do que a Gabriela

Recentemente vi uma charge, salvo engano do André Guedes, do Globoesporte.com, que brinca com algumas coisas do futebol. Na charge, uma imagem da Gabriela com os olhos esbugalhados da Juliana Paes e algumas frases que perguntavam o que era mais sem vergonha. Por exemplo, o time do Flamengo, que à época não ganhava de ninguém, hoje ganhou do Vasco, 1 a 0, gol do Vagner Love, que ficou um mês sem marcar e já é o artilheiro do campeonato.

Pois bem, a charge também falava do esquema do Oswaldo. No último post, um comentário que acredito ser do André, da Uenf, comentava sobre a fragilidade da nossa zaga. E eu chego à conclusão depois do jogo de hoje, que quem é sem vergonha é essa zaga do Botafogo. Tomar um gol num lançamento de um zagueiro e com um jogador dominando a bola na linha de fundo? E o que foi aquele gol no final da partida?

Culpado por dois gols foi o lateral esquerdo Lima, que entrou no lugar de Márcio Azevedo, contundido. O problema não é só no miolo. Os laterais também estão mal. O segundo gol saiu pelo lado direito da nossa defesa. Os cabeças de área também não marcam ninguém. Jádson pelo menos se apresenta para o jogo. Mas o Amaral parece perdido. E ainda vaiam o Renato que, machucado, não jogou.

Mais uma ótima partida do Andrezinho, o único que joga nesse time, ao lado do Seedorf, que sabe o que faz com a bola. Élkeson me irrita e Rafael Marques entrou bem mais uma vez, arrumou o pênalti. Jefferson, não fosse ele estávamos mais fudidos do que as mulheres de Gabriela.

Quarta temos o Palmeiras pela Sul-Americana. Confesso que não sei se é melhor nos desclassificarmos logo. E domingo, o clássico contra o Flamengo, que pode até nos passar se vencer. Só falta essa.

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Melhor rodada do campeonato

O Botafogo ganhou e o Flamengo perdeu. Não bastasse isso. O Fluminense, que está acima, empatou com o Cruzeiro, que foi ultrapassado por nós. O Grêmio perdeu para a Portuguesa em casa, que vingou o Brasileiro de 96. O São Paulo também perdeu (3 a 0 para o Náutico). Subimos e voltamos ao sexto lugar. O que prova que não estamos tão mal das pernas assim.

Sobre o jogo, a entrada de Rafael Marques, deu outra gás à equipa. Foi Rafael Marques que fez o lançamento para o gol de Élkeson. Depois o mesmo Rafael Marques fez uma jogada que resultou na perda de bola do adversário e arrancada de Seedorf para o gol, o segundo dele no Botafogo. Mas o problema é que Rafael Marques não joga de centroavante. E continuaremos com esse problema. Mas não é hora de reclamar. É hora de comemorar!

Fábio Ferreira, por incrível que pareça, jogou bem. E Renato, que se escondeu boa parte do jogo, como vem fazendo, saiu vaiado pela torcida. Cidinho é menor do que o número na camisa, mas às vezes faz umas jogadas bonitas, o que empolga a torcida, que apesar da vitória não poupou o técnico Oswaldo de Oliveira, que vai se segurando no cargo.

Ainda tem muito campeonato pela frente. No domingo enfrentamos o líder Atlético Mineiro, jogo esse que será às 16 horas e será transmitido pela Globo do Luís Roberto, que fez questão de no final da transmissão de ontem destacar que o Flamengo tem um jogo a menos. O Galo também perdeu ponto na rodada - empatou com o xará goiano fora. Estamos há 12 pontos deles e podemos começar a tirar a diferença domingo. Nesta quinta temos de secar o Inter contra o Corinthians no Pacaembu e o Vasco contra o Coritiba em São Januário.

Vamos Fogão! Dá para ser campeão!

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Tá fogo? Sorria!

Não gosto e não costumo postar em dia de jogo. Fiz isso domingo e apenas empatamos com a Portuguesa, tudo bem que fora de casa; mas com todo respeito à Portuguesa, a Portuguesa é a Portuguesa. Do técnico Geninho, que após empatar com o Flamengo disse que nunca mais pegaria um Flamengo tão debilitado. Poderia ter dito a mesma coisa do Botafogo. Nunca mais pegaria um Botafogo tão debilitado.

Estou falando isso por que em 2010 na semana da decisão do Carioca contra o Flamengo, fiquei a semana toda sem nem mesmo ler uma notícia sobre o Botafogo nem assistir programa esportivo. Deu certo. O Botafogo ganhou o Flamengo com dois gols de pênaltis, cobrados por Herrera e Loco Abreu; e Jéfferson ainda defendeu um pênalti de Adriano. E fomos campeões, no que foi nosso último título, sem contar Taças Guanabaras e Taças Rios, que se tornaram constantes nos últimos anos, mas que para mim não podem ser considerados títulos.

Pois bem. Depois desse nariz de cera, digo porque me inspirei para escrever hoje (quarta-feira, 15), dia do jogo contra o Sport no Engenhão, às 21 horas, jogo esse que a torcida não deverá comparecer em bom número pelo horário ingrato que é. Enfim, vamos aos finalmentes.

O Globo Esporte de hoje me fez morrer de ri com o quadro “Chico Torcedor”, que soube há pouco tempo que é filho do Sidney Rezende. Procurei o vídeo no site do Globo Esporte, mas ele ainda não está disponível – quando estiver vou postar aqui prá vocês.

No quadro, torcedores, sempre interpretados pelo Chico, de Flamengo, Vasco e Fluminense discutem – peguei o quadro do meio pro fim e não sei dizer exatamente o quê, mas acredito que seja sobre quem tem o melhor artilheiro do campeonato, já que Vágner Love, Alecssandro e Fred estão empatados na artilharia do Brasileirão com oito gols cada.

Aí entra Chico vestido de Loco Abreu, com a camisa do Figueirense, o cabelo comprido e de barba, falando. “Ustedes tienes que abrar!”. No que vem uma pessoa, que parece um segurança, de terno preto, também interpretado pelo Chico, e diz que a conversa está restrita a torcedores de times cariocas.

E Loco levanta a camisa do Figueirense e mostra uma camisa azul por baixo com o escudo do Botafogo, beija o escudo e diz: “Eu sou Botafogo!”. E o segurança responde: “Mas o Botafogo não tem ataque!”. E Loco: "Oooswaaaaldo!"

Como diria o campista Evaldo Braga: "Sorria (...) que o dia será bem melhor!"

Vou constatando o óbvio ululante e torcendo para que todos, incluindo eu, queimemos a língua daqui prá frente!

domingo, 12 de agosto de 2012

Feliz Dia dos Pais!

Hoje, Dia dos Pais; e aniversário do Botafogo, homenageio quem me passou o amor pelo Glorioso, meu pai Fernando Lopes Machado, que vai completar 50 anos no dia 27 de fevereiro de 2013. Esperamos ter motivos para comemorar hoje com uma vitória sobre a Portuguesa fora de casa. Contando as horas para o jogo, às 18h30. (Foto de Fernanda Barbosa Machado, minha irmã e também botafoguense)

Primeiro jogo do Projeto Gol 1000 de Túlio Maravilha será dia 15 de setembro em Juiz de Fora

O Botafogo já havia anunciado o local, Juiz de Fora-MG, grande reduto de botafoguenses; agora o próprio Túlio Maravilha anuncia em seu twitter o dia do primeiro jogo do Projeto Gol 1000. Será no dia 15 de setembro, daqui a pouco mais de um mês. Falta agora saber o adversário, que ainda não foi divulgado. Lembrando que faltam sete gols para Túlio marcar o gol mil e o último será no Engenhão. Túlio, que no sábado, dia 4, participou do lançamento do álbum do Campeonato Brasileiro 2012, que já está nas bancas; vai percorrer o Brasil com o time Sub-20 do Botafogo. O Departamento de Marketing do Clube também deve lançar um concurso para escolher os 100 maiores fãs de Túlio. Serão escolhidos quem tiver uma tatuagem em homenagem ao jogador, um filho com nome de Túlio, entre outras homenagens.

Eu quero ser um dos 100 fãs de Túlio Maravilha e também, claro, quero estar presente no jogo em que ele marcar o gol mil! E vocês?

Espelho, Espelho Meu!

O narcisismo de Oswaldo, no traço de André Guedes.

sábado, 11 de agosto de 2012

A homenagem do blog às musas douradas do vôlei

Enquanto os marmanjos fracassam no futebol, as mulheres dão um show no vôlei! Vitória por 3 sets a 1, de virada, sobre os Estados Unidos, terceira medalha de ouro na Olimpíada de Londres, que termina neste domingo; e o bi-olímpico do volêi feminino brasileiro! Fiquem então com as belas imagens das musas douradas do vôlei e se deliciem!

Jaque, além de linda, joga muito.
Sortudo esse Murilo!

Demais!




Muito em forma!


Sexy!


Com a bola toda!
Como nós a vemos...


...em quadra!

Bela...
... e cheia de estilo!

Paula Pequeno, minha ídola!
Um charme com essa faixa na cabeça!

Sheilla, também muito bonita!

Ao lado de Dani Lins, outra gata!

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Um pouco de bom humor nessa hora não faz mal

Vocês sabem quem são as figuras daí de cima? O segundo, todo mundo conhece é o Amin Khader, que chegou a ser anunciado como morto numa pegadinha do David Brazil, que fez a Record dar uma das maiores barrigadas da tv brasileira. O primeiro é menos conhecido. Trata-se do cantor sertanejo-forró-pop Israel Novaes, que está fazendo sucesso com a pegajosa, engraçada e sem sentido "Vem ni mim Dodge Ram".

Vocês não acham que eles se parecem com os atacantes do Botafogo, que não fazem gol a mais de um mês? Élkeson e Rafael Marques. Não que eles sejam tão culpados. Principalmente o Élkeson, que tem tentado de todas as maneiras deixar o seu - ele até andou fazendo uns golzinhos. Para se ter uma ideia, o Andrezinho é o artilheiro do time com cinco gols, se bem que o último na realidade foi contra. O Herrera tinha feito quatro antes de ir embora.

Esperamos com essa postagem alegrar um pouco o torcedor botafoguense, que não está tendo muitos motivos para sorrir. Mas sabemos que com a gente é sempre assim. Carregamos o estigma de sofredores. Por isso a importância de rir da própria desgraça.

Volante Amaral deverá ser titular contra a Portuguesa

O volante Amaral, recém contratado pelo Botafogo ao Cruzeiro e que já marcou um gol a favor do Botafogo e contra o Cruzeiro na derrota de virada do Fogão, a primeira no Engenhão esse ano; enfim, ele deverá ser escalado no time titular já em sua estreia pela equipe alvinegra na partida deste domingo (12), às 18h30, no Canindé, jogo esse que marcará o reencontro do técnico Oswaldo de Oliveira com o goleiro Dida - os dois foram campeões mundiais pelo Corinthians - e do meia-atacante Fellype Gabriel com a Portuguesa, pela qual foi carrasco do Botafogo num jogo em que marcou dois gols - Pior agora é o Barcos que marcou quatro em dois jogos.

Soube agora que tem um atacante uruguaio treinando com o grupo. Ele tem 19 anos e foi contratado para os juniores. Gente, não confundam com o Lodeiro, que é meia. E o Cássio ironiza lembrando do Garrincha, que os narradores da Rádio Botafogo brincam dizendo que é a arma secreta do time.

Enquanto buscamos atacantes, o Inter fecha com Rafael Moura, o Santos traz de volta André e Liédson deve estrear pelo Flamengo. Ninguém aqui comentou o fato de Loco ter beijado o escudo. Como diz um narrador esse sim pode beijar o escudo. E eu me pergunto: Por que não colocam o Vitinho e o Sassá prá jogar? Se o Santos coloca um garoto de 17 anos e que faz gol prá jogar.

Élkeson não tem culpa. Está até tentando. Mas o esquema - que chamam de 4-6-0 - que não ajuda. O Élkeson está igual ao Herrera, brigando com a bola. Apesar de que quase fez um golaço não fosse a grande defesa do goleiro do Palmeiras, um daqueles goleiros frangueiros que só aparecem contra o Botafogo. Vou terminando por aqui. Até mais e saudações botafoguenses!

Escrito depois: Ah! O Amaral deve entrar no lugar de Jádson, claro! Se bem que já tem gente pedindo banco pro Renato. O Lodeiro deverá ficar no banco. É um problema esse negócio de jogador ser convocado para Seleção - ele se apresenta à Celeste para um amistoso no meio de semana. Antes eu até gostava. Mas, sinceramente, considero agora que isso prejudica o time. Ainda bem que o Jéfferson não foi para a Olímpiada, por mais que pudesse voltar com um título importante no currículo - a final será neste sábado, às 11 horas, contra o México. Mas imagina esse time sem ele! Cássio, vc ñ achou q o Seedorf deu qualidade ao time? O próximo post será sobre os sósias da dupla de ataque do Botafogo ou vice versa.

Jogos que faltam do 1º turno

Portuguesa, fora, neste domingo, às 18h30.

Sport, no Engenhão, quarta-feira que vem, às 21h50.

Atlético-MG, domingo sem ser esse o outro, às 16h, com transmissão da Globo (Jogão decisivo para as pretensões de título).

E o clássico contra o maior rival, o Flamengo, no domingo, dia 26, às 16 horas, jogo esse que vai ser no dia da prova do Concurso para Jornalista da Câmara de Vereadores de Campos, que será à tarde, salvo engano às 14h30; e a qual vou tentar fazer, apesar de não estar estudando, concentrado sem pensar (Impossível!) no jogo.

quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Tomara que Lodeiro seja a encarnação de Garrincha...

Foto: Wagner Meier / AGIF
Eu espero sinceramente que o Lodeiro seja mágico. Espero que o uruguaio seja a encarnação de Garrincha. Um misto de Didi, Loco Abreu e Quarentinha. Afinal de contas, não há mais jogadores de alto nível para ocupar a vaga de cérebro no meio de campo do Botafogo. A janela fechou, ou o Botafogo vai contratar na Série B, ou então reza por um milagre. Se Lodeiro é a nossa última esperança, a última carta na manga da diretoria, espero que o uruguaio seja 11 jogadores em um. Porque com os 11 que estão em campo, tá bem difícil...
O Botafogo tem dois problemas crônicos, parece uma praga. O meio de campo é bom, aliás ótimo, um dos melhores do país, mas não tem atacante. Não tem ataque, os cabeças de bagre não sabem finalizar e tropeçam nas próprias pernas. O outro problema, tão grave quanto o ataque, é a defesa. Os zagueiros batem cabeça e os volantes não protegem bem a zaga. Jadson é bom, é ótimo aliás, mas não faz bem esse trabalho de contenção. Renato se desdobra com primeiro e segundo volante, às vezes. Não adianta, sem arrumar a defesa e sem um atacante de ofício, um cara decente que sabe fazer gols, a coisa dificilmente vai andar.
Posso até estar parecendo maluco, mas acho que tá na hora de repatriar Jóbson. Com ou sem atrasos, com ou sem maluquices, o cara sabe fazer gols e motivado rende mais do que Rafael Marques e Elkeson juntos. É besteira achar que o Botafogo vai jogar como o Barcelona, sem atacantes de ofício, não existe Messi em General Severiano e se Oswaldo de Oliveira não mudar esse esquema, em pouco tempo quem vai mudar de ares é ele.
Não tenho mais nada para falar sobre essa jogo de hoje. Fiquei irritado como há muito tempo não ficava com uma partida do Botafogo. Não consigo entender porque ninguém contratou um atacante decente e um zagueiro melhor que Fábio Ferreira e Antônio Carlos, se até meu filho de três anos sabe que essas sempre foram as maiores carências do Botafogo.
Vencer Atlético-GO e Figueirense é mole, os dois estão lá na rabeira, até os mulambos ganharam do Figueirense hoje. Eu quero ver é bater em times de ponta, e aí sim, provar que pode disputar a Libertadores ou ganhar o Brasileiro (ou alguém aí acredita na Sulamericana?).
Vamos então, fazer a única coisa que nos resta: esperar e rezar para que até o fim de semana um zagueiro e um atacante apareçam em General Severiano. Ou quem sabe um técnico? A frigideira já saiu da dispensa...

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Para afogar as mágoas!

A Musa do Blog, Hítalla Valentim, em novas fotos mais sensuais do que nunca!


Novamente candidata à Musa do Brasileirão


Fotos: Leonardo Coutinho